• Prof. Dr. Francisco José Cahali contribui para a edição do recém-lançado Manual de Arbitragem para Advogados do Conselho Federal da OAB

    Veja mais

  • Prof. Dr. Francisco José Cahali discorre sobre os avanços promissores conquistados pela Arbitragem

    Veja mais

  • Prof. Dr. Francisco José Cahali elabora quadro com os principais artigos referentes a conciliação, mediação e arbitragem trazidas pelo Código de Processo Civil de 2015 (Lei nº 13105/2015).

    Veja mais

  • Resumo do Artigo "Ensaio sobre a arbitragem testamentária no brasil com paradigma no direito espanhol" de Francisco José Cahali, publicado na Revista de Mediação e Arbitragem n. 17, Ano 5, abril-junho de 2008, Coord. Prof. Arnoldo Wald, Ed. Revista dos Tribunais, p. 54

    Veja mais

  • FRANCISCO JOSÉ CAHALI escreve artigo sobre arbitragem para conflitos decorrentes da dissolução de união estável

    Veja mais

  • Acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo, relatado pelo Desembargador Alexandre Lazzarini, garante direito do nascituro ao seguro

    Veja mais

  • Artigo - Kazuo Watanabe (Modalidade de Mediação)

    Veja mais

  • CNJ altera a Resolução 125/2011 relativa à Conciliação e Mediação no Poder Judiciário - Tribunal Multiportas.

    Veja mais

  • A Revista VEJA da semana de 24.02.2013 traz interessante reportagem sobre casos em que enteados mantém proximidade com ex-padrasto ou ex-madrata. A reportagem teve a participação do Professor Francisco Cahali como entrevistado.

    Veja mais

  • Artigo elaborado pelo Dr. Francisco José Cahali sobre a súmula 377 do STJ e a mutabilidade do regime de bens

    Veja mais

  • Professor Francisco Cahali escreve artigo sobre alimentos no novo Código Civil e o Direito Intertemporal

    Veja mais

  • Apresentação do Prof. Thiago Rodovalho sobre a Modernização da Lei de Arbitragem

    Veja mais

  • O Professor Francisco Cahali, em conjunto com o advogado e arbitralista Thiago Rodovalho, elaborou texto a respeito da importância de se incluir como disciplina obrigatória no curso de Direito, os métodos adequados de resolução de conflitos (dentre eles a conciliação, a mediação e a arbitragem), tendo em vista que no Brasil ainda impera a cultura do litígio e esse paradigma deve ser alterado a fim aprimorar-se a justiça brasileira.
    Assim, a mudança na grade curricular representa grande avanço e é medida de extrema relevância para conferir nova amplitude aos operadores do Direito, que devem ter conhecimentos de métodos alternativos de solução de conflitos.

    Veja mais

  • Prof. Francisco Cahali elabora Quadro Comparativo entre as versões da Câmara e do Senado relativas ao Projeto de novo Código de Processo Civil, relativo aos artigos que tratam da mediação, conciliação e arbitragem.

    Veja mais

  • A Corregedoria Nacional de Justiça elaborou o Provimento nº 37, que dispõe sobre o registro de união estável no livro E dos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais. O objetivo da edição do provimento é atender à necessidade de uniformização dos atos registrais relativos às uniões estáveis (sejam elas heteroafetivas ou homoafetivas) e ainda, conferir maior segurança jurídica à relação mantida entre companheiros e desses com terceiros, inclusive no que tange aos aspectos patrimoniais.

    Veja mais